22 de julho de 2008

Lv?

Ando numa encruzilhada, entre falar ou não, fazer ou não.
Tinha tomado esta decisão: parar de tentar ser algo que de fato não sou.
Eu não recrimino as pessoas de atitude romântica, que adoram os mistérios que envolvem o ato da trova, os questionamentos, os sinais que devem ser interpretados minuciosamente... Acho isso tudo muito legal, mas não é pra mim.
Ah não, eu prefiro os mistérios de conhecer a pessoa depois da confirmação do interesse recíproco, gosto de ouvir, gosto de conhecer as manias, os medos, os desejos, mas quando tenho certa segurança de que não estou perdendo meu tempo ali.
Agora novamente me encontro nesse dilema romântico, onde aparentemente tenho que demonstrar algum interesse correndo risco de magoar algumas pessoas, me magoar e nada dar certo.
Como falei mais cedo com um amigo, seria muito mais fácil se as pessoas fossem diretas.
Enfim, acho que vou tomar a atitude que mais me ajudou ate agora, sentar e esperar a vontade passar.

Um comentário:

Janaaa! disse...

O que fode a vida é a falta de certezas.
Nunca temos, de absolutamente nada.

Às vezes precisamos sentar e esperar, outras vezes precisamos levantar a bunda do lugar e tomar uma atitude.
Cabe a nós escolher o que é mais prudente.

Beijoca Stê!
:)