13 de novembro de 2008

Saber ser indiferente ao que é ruim e o que é bom
Conseguir deixar ir e saber manter.
Sentir e sentir e sentir
Sorte e sorte e sorte
O que é nosso de verdade não vai embora, nem vacila diante das adversidades ,
Muito menos ignora a verdadeira essência do que somos.
Se não amar alguém pela sua verdade então pelo que amar?
É um longo caminho, a vida, pra viver só.
Ou viver com medo
Não existe nem agora nem nunca uma força capaz de incapacitar nossos delírios de maneira que até mesmo as mais simples poesias se transformem nesse emaranhado denso e perigoso chamado imaginação.
É preciso banhar-se na loucura tanto quanto manter a sanidade... Como andar em um muro ou se equilibrar sobre o cavalo... Na vida é preciso muito mais q simples desejo de viver
Ela te cobra tudo, e tudo é o que ela te leva a fazer para conseguir apenas vislumbrar todas essas coisas que caem sobre nossas cabeças todo dia, mas não parecemos capazes de alcançar: amor, confiança, fé, paz, harmonia... E todas aquelas palavras que as velas de 1,99 prometem trazer.
Se fosse fácil assim.
Não é.
Tudo isso advém de muito esforço e sorte.
Tem muitas coisas na minha mente o tempo todo.
Não tenho certeza de que ainda mantenho uma conexão estável com pensamentos racionais, pois tudo parece demasiadamente confuso...

5 comentários:

JV's loko é poco disse...

já comentei bem nas primeiras posts e estou eu aquiu comentando d novo

eliane disse...

Já estava com saudades de falar contigo, Stê.
É verdade, a vida nos cobra coisas que até deus duvida. Coisas que a gente nem acreditava que pudesse acontecer, reposicionamento quanto à parceria e companheirismo de determinadas pessoas.
Vez por outra caimos de joelhos, pelo susto que tomamos de descobertas infelizes, mas logo levantamos rapidinho, e seguimos céleres o nosso caminho, porque não podemos parar por conta dessas tristezas.
A vida pode ser comparada a um cavalo alado, e se não tivermos jeito para adestrá-lo, e categoria para nos equilibrarmos em seus voos malucos, corremos sérios riscos de quedas com fraturas.
A vida nos cobra tudo, sim, mas somente aquilo que ela sabe que temos capacidade para resolver satisfatoriamente.
Cabe a nós escolher soluções boas e as respostas logo se fazem sentir. Não existe nada fácil, é verdade, mas tudo é plausível de nos levar a finais felizes.
Um grande beijo, querida, e até.

Jana disse...

Você é deliciosamente confusa, Stê.
É impressionante teu jeito de escrever.
Gosto demais.

Beijoca irmã
:)

Polêmica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Polêmica disse...

Viver muitas vezes pode ser complicado. Temos que lutar para alcançar nossoo objetivos mas, como você mesma disse; o que é nosso de verdade não vai embora. Paz, esperança, harmonia, realmente não são tão fáceis de ser alcançadas e só com muita força e garra, a gente chega lá (rs).

Beijos