8 de outubro de 2008

Entra e sai
Entra e sai
Em ti me perco
E me encontro
E me perco novamente

Como pode tão doce sentimento
Brotar de tão mórbido pensamento
Nem manhã, nem madrugada
Apenas frio e escuridão

Volta amor
Senta ali
Não parta antes de encontrar
A razão de estar aqui

Deixe estar esse amor
Num cantinho do peito
Como um doce quentinho
Como uma tarde florida
Esse exato momento.

3 comentários:

eliane disse...

Oi, Stê!
Aprendi a postar comentários hoje, ensinado pela Jana.
Já faz tempo que leio teus textos, e passarei a comentá-los.
Te quero muito bem.
Um beijo grande.

Jana disse...

Gostei muito.
Muito mesmo.

:)

Jana disse...

Olha minha mãe interagindo!
Hehehe.